Edição do “Café da manhã com o mercado” será realizada, no dia 14 de maio, a partir das 8h30

A CMI/Secovi-MG (Câmara do Mercado Imobiliário e Sindicato das Empresas do Mercado Imobiliário de Minas Gerais) realiza, no dia 14 de maio, um debate para celebrar o Dia das Mães sobre “Constelação Familiar e Empresarial”. Em mais uma edição do “Café da manhã com o mercado”, a partir das 8h30, a consultora e professora Eliana Torres e o juiz de Direito, especialista em Direito Público e coordenador do Cejusc (Centro Judicial de Solução de Conflitos e Cidadania) de BH, Clayton Rosa de Resende, falarão sobre o tema.

O evento será realizado na sede da CMI/Secovi-MG (rua Sergipe, 1000, Savassi) e as inscrições devem ser feitas pelo e-mailatendimento@secovimg.com.br ou pelo telefone (31) 3243-7555. Associados à entidade têm participação gratuita; não associados precisam adquirir ingressos a R$ 100, disponíveis na plataforma do Sympla. A organização está a cargo do Conselho Empresarial da Mulher, com patrocínio da corretora de seguros Planejar e do salão de beleza Gabriela Azevedo.

Publicidade

Desenvolvida pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger, a Constelação Familiar é um método psicoterapêutico, que estuda os padrões de comportamento de grupos familiares por meio das gerações. Na prática, a tática revela questões ocultas nas relações cotidianas e evidencia pontos nos quais cada indivíduo está emaranhado. O processo, em tese, resulta na delineação de soluções de amor, de reconciliação e de cura interior para os envolvidos.

Presidente do Conselho Empresarial da Mulher da CMI/Secovi-MG, Patrícia Simões (Imagem Carlos Olímpia/Divulgação)

Por meio de seus estudos, Hellinger identificou que muitos dos problemas, doenças, incompreensões e sentimentos negativos que afligem os indivíduos no presente podem estar ligados a outros familiares que passaram pelas mesmas adversidades. Nesse sentido, a Constelação Familiar explicaria que existe uma tendência de repetição de comportamentos entre as gerações, ainda que de maneira inconsciente. É nesse contexto que o método se apresenta enquanto uma estratégia para identificar e, consequentemente, solucionar esses padrões de atitudes reproduzidos ao longo da vida.

A presidente do Conselho Empresarial da Mulher da CMI/Secovi-MG, Patrícia Simões, explica que conhecer essa tática é uma forma de os associados à entidade desenvolverem o autoconhecimento. “Nossa vida é influenciada por dinâmicas familiares inconscientes, que podem interferir diretamente em nosso destino. Acontecimentos marcantes escrevem nossa história pessoal e também a da nossa família. A Constelação Familiar é uma técnica terapêutica de um só encontro, que tem como proposta revelar o que está oculto em nossas relações, trazendo soluções e reconciliação”, aponta.

Segundo Patrícia, a Constelação Familiar é um assunto importante a ser debatido e que pode auxiliar o público na solução de conflitos de variadas naturezas. “Esse é um tema relevante no Mês das Mães, uma vez que envolve toda a família. Esperamos, com a programação deste mês, trazer conhecimento dessa técnica para nossos associados e, dessa forma, facilitar a resolução de conflitos. O método pode ser aplicado tanto nas famílias quanto nas empresas e essa é uma grande potência”, afirma.

Continue navegando

Avalie este post/evento

Publicidade