Quantas segundas-feiras serão necessárias para enfim começar a dieta ou a reeducação alimentar que precisa ser feita? Quantos dias primeiros vão se passar até começar o propósito e o planejamento da semana ou do mês?

Por que ainda insistimos em olhar para trás quando há tanta coisa pela frente?

Já estamos na metade do terceiro mês do ano, isso não assusta você? A mim sim porque vejo meus planos no papel e quero que eles se tornem realidade até o final desse ano.

Publicidade

Às vezes a gente espera pelos outros para que possamos fazer algo com a nossa vida. Sabe aquela frase “Nem sempre quem está ao seu lado está do seu lado”? Pois então, é verdade. Quantas pessoas já estiveram ao seu lado nesses seus anos de vida que realmente caminharam contigo? Quem estava do seu lado quando “deu ruim” na sua vida?

Às vezes a gente espera que o outro volte mesmo depois da rejeição, do abandono, do “eu não te quero mais”. A gente espera como se não tivesse mais nada a fazer e assim a vida vai passando porque o tempo não espera nada nem ninguém.

Às vezes a gente espera que alguém bata na nossa porta e diga: “Ei, vamos fazer uma caminhada juntos”? ou que nos anime todos os dias a sermos mais saudáveis na alimentação, nas pequenas atitudes do dia a dia, nos pensamentos, na vida, né? A gente espera… Espera o dia perfeito para uma mudança de vida que não vai acontecer enquanto a gente não se levantar e agir.

Ninguém vai bater na sua porta e te fazer sair da zona de conforto. Você precisa fazer isso por si mesmo. Não dá para esperar pela próxima segunda-feira para melhorar sua saúde física, a segunda pode não chegar. Não dá para esperar o dia primeiro de cada mês para se fazer um planejamento do seu dia, do seu mês, da sua vida, você só tem o hoje porque o amanhã não existe e ainda sim ele pode não chegar para você. Já pensou nisso?

A procrastinação só nos faz morrer lentamente olhando para vida dos outros e continuando de braços cruzados esperando tudo que sonhamos cair do céu feito mágica. Nós estamos sempre esperando pelo outro, mas será que a gente precisa do outro para fazer o que a cabe a nós mesmos fazer?

Você pode buscar inspirações e seguir pessoas que vão ser ótimas influências na sua vida, mas nenhuma delas poderá tomar decisões por você. O único responsável pelo fracasso ou sucesso da sua vida é você mesmo.

Se a gente quer resultados diferentes, uma vida diferente da que a gente vive é preciso sair do sedentarismo, da zona de conforto, da mediocridade, do talvez, do “mais ou menos”. É preciso levantar e agir. Encarrar os desafios e se permitir ser uma pessoa melhor um dia de cada vez. Parar de esperar pela segunda para começar a dieta, pela sexta para ser feliz, pela riqueza para começar a investir seu dinheiro, parar de esperar o dia perfeito para fazer o que é preciso ser feito. O dia perfeito para mudar é hoje.

Seguir em frente é perdoar o passado, viver o presente sem deixar de planejar o futuro. É abrir mão dos péssimos hábitos, de tudo aquilo que não te conduz a uma vida melhor. Faça uma lista de prioridades, reveja tudo sobre si mesmo, observe suas amizades!

Organize sua vida em todos os aspectos (espiritual, emocional, financeiro, pessoal, profissional, tudo), viva o processo da transformação para que quando o resultado vier você saiba ser grato por tudo e avance mais e mais na sua jornada, na sua história.

Não espere que outro faça por você o que só você pode fazer por si mesmo. Essa é a espera mais fútil e agonizante da vida. Seu tempo é precioso, então viva a sua própria vida de forma consciente, saudável, plena e feliz!

Continue navegando

Espera
5 (100%) 2 vote[s]

Publicidade